Tenho uma paixão enorme pela comunicação. Em agência de publicidade comecei estagiário e cheguei na direção de arte. Inclusive tive minha própria agência por uns tempos.

Mas eu perdi a fé na propaganda.

Em 2013 minha vida mudou. Tirei um ano sabático, focando em mim mesmo e na minha própria jornada. Descobri meu propósito: contar histórias. E é com base nisso que tenho tocado minha vida. Eu compartilho minha visão de mundo, na maioria das vezes bem romântica, confesso, para ajudar as pessoas a se inspirarem.

Acredito que com boas ideias podemos alcançar a melhor versão de nós mesmos. Na real, acredito que só o amor pode nos salvar de nós mesmos. E acredito também que nada disso adianta se a gente ficar parado, então temos que partir pra correria e fazer acontecer.

Ideias, amor e correria.

Ah, sim, meu histórico… Vou escrever aí embaixo na terceira pessoa, caso você esteja procurando meu release.

Sobre Wesley Brasil

“Conteúdo com sorriso no rosto” – é como Wesley Brasil define sua própria linha editorial. Após 9 anos atuando nos bastidores do Site da Baixada como editor-chefe, resolveu explorar novas possibilidades enquanto comunicador.

Sua estreia na frente das câmeras foi na GloboNews, sendo o primeiro colaborador do aplicativo NaRua, ainda na fase de testes com comunicadores populares. Pegou gosto pelo audiovisual e em março de 2017 estreou seu canal no YouTube com entrevistas e experimentações audiovisuais.

Formado na correria pelas mil matérias que escreveu para o Site da Baixada, hoje é colunista do Voz das Comunidades e mantém também seu próprio blog, wesleybrasil.com, onde publica suas crônicas, ensaios e colaborações literárias com artistas e movimentos culturais.

Apaixonado pelo rádio, foi descoberto pela Rádio Nacional AM Rio, falando da agenda cultural na Baixada Fluminense. Está no dial FM pela Rádio Roquette Pinto, toda sexta-feira às 10:30 no quadro ‘Eu Amo Baixada’ – que resultou na criação de uma revista virtual com a vida cultural do seu território (euamobaixada.com.br).

Tornou-se membro do Meeting Of Favela, um dos maiores encontros da cultura hiphop mundial, em 2015. Também em 2015, criou o Beco Festival (realizado em parceria com a Átame Produções), que viria a se tornar um dos principais eventos independentes na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Participou na produção da Batalha do Real em 2016, uma das principais batalhas de rap do Brasil e a mais antiga do Rio de Janeiro. Também em 2016 ajudou na comunicação do Edital Ciclo da Sustentabilidade em Duque de Caxias. Em abril de 2016 prestou uma consultoria criativa para a inauguração do Shopping Nova Iguaçu, resultando em um grande projeto, a ‘Semana da Baixada’ (onde mobilizou mais de 100 artistas), além de se tornar apresentador do ‘Sarau do Vulcão’ até janeiro de 2017.

Atualmente se prepara para a estreia do seu talk show, ‘O Tal Show’, que conta a vida na periferia através de entrevistas.